Vinho tinto ajuda a combater a depressão

Sim, é verdade – a ciência apoia a tese que beber um copo de vinho tinto por dia faz bem. Segundo uma nova pesquisa, divulgada pela revista Galileu, o resveratrol, composto vegetal presente nas cascas das uvas, bloqueia uma enzima associada à gestão do stress no cérebro, o que por sua vez impacta diretamente a saúde mental.

“O resveratrol pode ser uma alternativa eficaz aos medicamentos para o tratamento de pacientes que sofrem de depressão e transtornos de ansiedade”, explicou a autora do estudo Ying Xu, num comunicado divulgado à imprensa. 

O estudo

Para efeitos daquela pesquisa, os investigadores recorreram a ratos para testar como as quantidades de PDE4 estariam relacionadas com ocorrência de depressão e ansiedade. Os dados apurados, de acordo com a Galileu, apontaram que a enzima diminui o monofosfato de adenosina cíclico (molécula mensageira que sinaliza mudanças fisiológicas ao corpo) provocando alterações perceptíveis no cérebro. Todavia, quando o resveratrol estava presente, a substância atuava ao proteger os neurónios, inibindo assim a expressão de PDE4.

Apesar de outras pesquisas já terem identificado os efeitos antidepressivos do resveratrol, ainda não era conhecida a correlação entre o composto com a fosfodiesterase 4 (PDE4), enzima impactada pela hormona do stress corticosterona

Leave a Comment