Torre de Babel – Mito ou verdade? Existem registros históricos?

A Torre de Babel sempre foi um tema misterioso que desperta a curiosidade de várias pessoas. Talvez por ser considerada um mito, assim inspirado na torre do templo de Marduk, que em hebraico significa Babel ou Bavel. Porém ainda existem ruínas ao sul da antiga Mesopotâmia que se assemelham as descrições bíblicas.

Desta forma, no Antigo Testamento, mais precisamente em Gêneses, cap. 11 vers. 1-9 temos a descrição sobre a Torre de Babel. Nas escrituras a Torre foi construída pelos descendentes de Noé, assim querendo eternizar seu nomes. Contudo tal atitude não foi bem vista por Deus.

Bem como eternizar seus nomes a intenção também era alcançar os céus. Porém toda essa soberba provocou a ira de Deus, e como castigo confundiu-lhe as línguas faladas pela Terra. Sendo essa uma das explicações para as várias línguas faladas pelo mundo.

Torre de Babel - mito ou verdade? Existem registros históricos?
Flickr

A torre de Babel

A Torre foi construída juntamente a edificação da cidade de Babel, pelos sobreviventes do dilúvio. Além de que foi uma decisão tomada totalmente contra a vontade de Deus. Ou seja, foi uma construção feita sobe a recusa do comando do Todo Poderoso, que dizia para se espalhar e povoar a terra, após o diluvio.

Como também a expressão “cujo cume toque os céus” mostra perfeitamente a soberba que havia naquele povo. Bem como demonstravam receio de uma nova inundação mandada por Deus, por conta das suas cidades totalmente integrada e estruturada.

Como foi construída

Torre de Babel - mito ou verdade? Existem registros históricos?
Brasil Gospel

Como não existiam pedras nem cal na região de Babel na época, muita das construções eram feitas com tijolos de argila secas ao sol ou em fornos. Bem como seu alicerce eram de argila pisada, como betume, uma espécie de lodo ou piche, sendo usado como argamassa.

Desta forma torres e tempos da mesopotâmia, como Zigguratu ou Zigurate são usadas como referências para entender o formato da Torre de Babel. Portanto as torres erram retangulares, construídas em níveis, sendo acessíveis por grandes escadarias e rampas. E geralmente possuíam 3 níveis, podendo chegar até  níveis, como a Zigurates.

Possuíam também um pátio, dando acesso ao segundo pavimento, bem como um santuário no topo, com imagens de divindades. Porém esses paramentos não são totalmente confirmados como padrões da Torre de Babel, pois não foram especificamente citados na bíblia. Além de que ela ficou inacabada quando houve a dispersão dos povos.

Significado de “Torre de Babel”

Torre de Babel - mito ou verdade? Existem registros históricos?
ASA

Estranhamente a expressão “Torre de Babel” não aparece na Bíblia, porém foi o nome adotado para se referir a torre construída na cidade de Babel. Assim a palavra para torre é migdol, que basicamente significa “torre de vigia”, bem como a palavra Babel vem de “bavél” que significa “portão de Deus”.

O que gera significado, já que um dos intuitos para a sua construção era alcançar os céus. Do mesmo modo o nome Babel também é compreendido pela etimologia popular de raiz hebraica chamada balal. A expressão significa “confusão”, “mistura”, bem como possuindo relação fonética com a palavra Babel.

Gerando assim também sentido a história da Torre de Babel, já que se ela se tornou lugar do juízo de Deus. Que como resultado confundiu as línguas do mundo, dando início as diferenças idiomáticas.

A cidade de Babel

Torre de Babel - mito ou verdade? Existem registros históricos?
Ciência confirma a igreja

A cidade de Babel foi a primeira cidade criada após o dilúvio. Bem como ela foi edificada contra a vontade de Deus, que havia ordenado ao povo que se espalhassem e povoassem terra. Assim o homem se unificou e fundou uma cidade na planície de Sinar.

A cidade de Babel foi fundada por Ninrode, que mais tarde também gerou as cidades de Ereque, Acade e Calné. Posteriormente partindo para a Síria também fundou Nínive, Reobote-Ir, Calá e Resém. Sendo assim Babel sua primeira cidade, início de seu governo e a região, que em seguida, se tornou a famosa Babilônia.

A confusão nas línguas

Mesmo sem sabermos a localização exata da Torre de Babel, é certo que ela representava de forma concreta e física da ambição humana. Desta forma, ela foi construída diante de uma desobediência humana as ordens de Deus, o que gerou a sua ira.

Tal ira está descrita na Bíblia em Gêneses 11. Assim, diante da transgressão do homem Deus trouxe a confusão das línguas, bem como a dispersão geográfica. Isso explicaria as várias diferenças linguísticas e culturais existentes no mundo, que causam várias divergências.

Existem também outras interpretações dos textos bíblicos, onde eruditos defendem que a confusão das línguas ocorreu apenas dentro da história semita. Sendo assim o capitulo 11 apenas do povo semita. Porém essa análise é bastante criticada, partindo da ideia que não explica a quantidade de línguas existentes na face da terra.

Ainda existem ruínas da torre de Babel?

Torre de Babel - mito ou verdade? Existem registros históricos?
Universo Monoteísta

Não se sabe ao certo a localização exata da Torre de Babel, apenas a região onde foi construída. Contudo existem algumas especulações sobre o seu local. São elas:

  1. – Tempo de Nabu, em Birs Nimrud a cerca e 16 quilômetros ao sul da Babilônia e possui sete níveis. Essa suposição surgiu da tradição judaica e árabe, por conta que do seu nome Birs Nimrud. Assim sendo uma possível variação de Birj Nimroud, que significa “Torre de Ninrode”.
  2. – Outra especulação dizia que a Torre de Babel estava localizada na cidade da Babilônia. Bem como seria o famoso Zingurate, chamado de Etermenaki, que significa “a casa de fundação do céu e da terra”. Tal construção era em formato de pirâmide com cerca de 100 metro de altura e 10 mil metros quadrados.
  3. Ela também foi conhecida na antiguidade como Torre da Babilônia, onde seu povo acreditava que o deus cultuado descia no templo da torre. Porém essa Torre foi destruída por Xerxes em 472 a.C., assim como atualmente no local existe apenas uma grande cratera.
  4. – Há também quem defende que Torre ficava em Du-Kurigalzy, a oeste de Bagdá, no Iraque. Contudo uma especulação sem fundamentos, pois a cidade foi construída a 1.400 a.C.
  5. – Existe também uma tradição judaica que dizia que Deus teria mandado fogo do céu, assim consumido a Torre de Babel. Outra teoria especulava que ela teria sido derrubada pela força do vento.

Evidências que provam a existência da torre de Babel

Torre de Babel - mito ou verdade? Existem registros históricos?
Revista Galileu

Em estudos recentes sobre uma pedra encontrada na antiga Babilônia, e atual Iraque por volta de 1 século podem comprovar a existência da Torre de Babel. Isso é porque no objeto existe um desenho, como degraus bem como uma pessoa segurando uma lança.

Além de que abaixo do desenho há um texto que diz “zigurate”, que significa monumento em forma de pirâmide, ou “Templo da Babilônia”. Desta forma a pedra do século 6 a.C. pode indicar a primeira imagem real da Torre de Babel. Assim como podemos identificar suas sete camadas e seu imperador Nabucodonosor 2°.

Isso é porque a pedra revela detalhes da estruturar da pirâmide, bem como ela foi construída. Relatos esses descritos exatamente como tesão relatados na Bíblia Sagrada, assim, aumentando as suspeitas de serem desenhos reais da Torre Babilônica.

Veja também: TORRE DE BABEL – O QUE FOI, ESTUDOS E COMO FOI CONSTRUÍDA

Leave a Comment