Salgado podia ter sido afastado do BES antes da resolução do banco

  • Home
  • Portugal
  • Salgado podia ter sido afastado do BES antes da resolução do banco

A resolução do Banco Espírito Santo (BES) deu-se a agosto de 2014, mas Ricardo Salgado poderia ter sido afastado um ano antes. Segundo referiu a Comissão de Auditoria Independente (CAI) ao jornal Público, o Banco de Portugal (BdP) detinha poderes legais para afastar o presidente do BES.

No relatório final de avaliação da ação do BdP ao caso GES/BES apresentado em 2015, a CAI identificou ainda várias “insuficiências no acompanhamento do caso e explicações pouco convincentes para as decisões tomadas” durante o colapso do BES.

Considerado matéria reservada, o relatório foi coordenado pelo ex-vice-governador João Costa Pinto e teve como principal objetivo analisar a atuação do BdP nos casos GES/BES. O resultado da avaliação é “muito crítico da atuação do BdP”, relativamente ao acompanhamento ao GES e BES, segundo apurou o Público.

Leave a Comment