Rolhas da Corticeira Amorim com pegada de carbono negativa

  • Home
  • Portugal
  • Rolhas da Corticeira Amorim com pegada de carbono negativa

A Amorim Cork, Unidade de Negócios Rolhas da Corticeira Amorim, anunciou os resultados das análises feitas a 10 dos seus principais produtos que concluíram, sem exceção, que o balanço de carbono de todas as rolhas analisadas é negativo quando considerado o sequestro das florestas de sobro e as emissões associadas à produção do produto.

Os estudos conduzidos pela consultora EY, entre 2018 e 2020, concluíram ainda que 80% dos produtos avaliados têm uma pegada de carbono individual negativa, ao apresentar emissões diretas do processo produtivo inferiores ao carbono contido no produto.

De acordo com a nota divulgada, esta quarta-feira, “os resultados fornecem informação relevante sobre a contribuição ambiental dos produtos de cortiça” e “facultam aos cerca de 19 mil clientes nacionais e internacionais de Amorim Cork informação quantificável sobre como reduzir a própria pegada de carbono dos seus produtos”.

Para exemplificar, uma rolha natural para vinho permite um sequestro de carbono até menos 309 gramas de equivalência em dióxido de carbono, já uma rolha Twin Top Evo para vinho, com dois discos de cortiça natural, permite um sequestro de carbono até 297 gramas. A que apresenta uma redução mais expressiva é a rolha para vinho espumante com dois discos permite um sequestro de carbono até 562 gramas.

os estudos debruçaram-se sobre as diferentes etapas do ciclo de vida numa abordagem cradle to gate, nomeadamente: atividades florestais; preparação de cortiça, incluindo o transporte da floresta; produção; acabamento e embalagem. Tendo como objetivo a comparação com abordagens de estudos anteriores, também foi incluída a distribuição do produto de Portugal para o Reino Unido.

Leave a Comment