Região Sudeste – História, geografia, atividades econômicas e estados

Você conhece as cinco regiões que compõem o Brasil? Pois bem, o país é dividido em cinco regiões que, juntas, reúnem diversidade cultural, de povos, culinária e etc. Uma das cinco regiões que fazem parte do Brasil é a região Sudeste, correspondendo a 10,85% do território nacional.

Dessa forma, a região Sudeste é a região com a maior população do país e a mais desenvolvida economicamente. Além disso, possui desenvolvimento significativo na indústria, no financeiro e no comercial. Assim, a região Sudeste faz divisa com as regiões Centro-Oeste à oeste; Nordeste ao norte e Sul, ao sul.

Nesse sentido, a região é predominantemente composta por superfícies elevadas, variando entre 500 a 1200m. Além disso, o clima que prevalece é tropical atlântico. Por outro lado, nos planaltos, o clima é o tropical de altitude. Assim, as temperaturas da região sofrem grandes alterações.

História da região Sudeste

A história da região Sudeste começou quando Martim Afonso de Souza fundou São Vicente (SP), em 1532. Assim, o espaço foi ocupado para servir de base da colonização portuguesa no Brasil. Porém, foi apenas com o início da mineração que a região ganhou destaque e atraiu diversas pessoas em busca de melhores condições de vida.

Região Sudeste - História, geografia, atividade econômica e estados
Cais do porto da Cidade de Santos, São Paulo. Fonte: Wikipedia

Assim, durante o século XIX, negros, portugueses, indígenas formavam grupos que ocupavam a região. Dessa forma, principalmente os descendentes indígenas e negros escravizados, trabalhavam em serviços domésticos nas fazendas coloniais.

Nesse sentido, por conta do grande número de indígenas que ocupavam a região na época, um das línguas mais faladas na província de São Paulo era a língua real. Ou seja, era uma mistura que unia o tupi e outras línguas de origem indígena.

Região Sudeste - História, geografia, atividade econômica e estados
Primeiros Tempos (Bondes de Vila Velha-ES) Foto: Col Allen Morrison. Fonte: Visite o Brasil

Com a abolição da escravidão em 1888, as fazendas de café começaram a empregar trabalhadores livres. Assim, com o movimento, italianos, portugueses e espanhóis começaram a desembarcar no Brasil em busca de emprego nas fazendas produtoras de café.

Devido a rápida modernização japonesa, muitos imigrantes começaram a chegar no Brasil e, principalmente, na região Sudeste. Dessa forma, os japoneses se instalaram em algumas regiões comprando pequenos pedaços de terra ou trabalhando em fazendo de cafés.

Estados da região Nordeste – Característica geográfica, clima e vegetação

Estados da região Sudeste

A região Sudeste possui quatro estados, sendo os mais desenvolvidos economicamente no país. Além disso, São Paulo, é responsável por ou ocupar uma das primeiras posições no mercado económico da América do Sul.

Assim, a região Sudeste é composta pelo estados de:

  • Espírito Santo – Vitória (ES)
  • Minas Gerais – Belo Horizonte (MG)
  • Rio de Janeiro – Rio de Janeiro (RJ)
  • São Paulo – São Paulo (SP)

Aspectos geográficos

O Sudeste do país é composto, principalmente, pelo relevo de planície litorânea atlântica. Assim, os estados que possuem maior predominância desse tipo de relevo é o Espírito Santo e o Rio de Janeiro. Logo, o estado de Minas Gerais é o único que não possui litoral.

Região Sudeste - História, geografia, atividade econômica e estados
O relevo do Rio de Janeiro é formado por planaltos, pelas terras baixas, bem como pelos maciços litorâneos. Fonte: Escola Educação

Já em relação a vegetação, a Mata Atlântica é que predomina em grande parte da região. Entretanto, a vegetação tropical está criticamente afetada pelo desmatamento. As principais características desse tipo de vegetação são as espécies de alto porte devido o alto índice de umidade. Contudo, é possível encontrar características do Cerrado em partes de Minas Gerais.

Região Sudeste - História, geografia, atividade econômica e estados
Rio Tietê, curso d’agua que atravessa praticamente todo o estado de São Paulo, de leste a oeste. Fonte: Agência Brasil

O clima predominante na região Sudeste é o Tropical, dividindo-se entre o tropical úmido e o tropical de altitude, nos estados do Espirito Santo e Rio janeiro, São Paulo e Minas Gerais respectivamente. Um ponto interessante é que o trópico de capricórnio corta o estado de São Paulo e, por consequência, o clima subtropical também é característico da região.

Além disso, o Sudeste do país concentra bacias hidrográficas como a nascentes do rio São Francisco, localizado em Minas Gerais. Além disso, o rio Tietê, localizado em São Paulo, deságua na Bacia do Paraná.

Principais atividades econômicas

A região Sudeste se destaca por ser o centro econômico mais importante do Brasil. Dessa forma, atividades como a pecuária, a agricultura, a extração de minérios, a indústria e o comércio são os grandes geradores econômicos da região. Sendo a indústria a principal atividade econômica do Sudeste.

No campo da pecuária, a produção de rebanhos bovinos e suíno, além da criação de aves de destaca. Dessa forma, os principais estados produtores são Minas Gerais e São Paulo. Por outro lado, na agricultura, a região Sudeste se fortalece economicamente pela produção da cana-de-açúcar, o milho, o feijão, o algodão, o café e o arroz.

Região Sudeste - História, geografia, atividade econômica e estados
Parque industrial de São Paulo, o maior e mais diversificado do Brasil. Fonte: JW

O estado de Minas Gerais se destaca pela exploração mineral. Assim, com a atividade de extração, o estado consegue adquirir minérios como o ferro e manganês, além de ouro e de pedras preciosas.

A extração de petróleo também faz parte das atividades económicas do Sudeste e os principais os estados do Rio de Janeiro, de São Paulo e do Espírito Santo são responsáveis pela atividade.

Leave a Comment