Pizzi comandou Benfica à vitória no último jogo da pré-época

  • Home
  • Desporto
  • Pizzi comandou Benfica à vitória no último jogo da pré-época

O Benfica continua sem conhecer o sabor da derrota nesta pré-temporada e, este sábado, venceu na recepção aos franceses do Rennes, no último teste do clube da Luz antes do encontro com o PAOK.

Pizzi, ainda no primeiro tempo, e Gabriel fizeram os golos daquela que foi a sétima vitória em outros tantos jogos do encontro, e que marcou a estreia de Darwin com a camisola do clube da Luz e o regresso de Grimaldo aos relvados.

Uma mudança em relação ao jogo com o Braga

Tendo em vista o encontro na Grécia frente ao PAOK, a contar para a Liga dos Campeões, Jorge Jesus fez apenas uma alteração em relação ao encontro com o Sporting de Braga e forçada devido a uma lesão de Taarabt. Pedrinho ocupou o seu lugar.

O Benfica entrou em campo muito bem, a pressionar alto e a construir jogo com relativa facilidade e velocidade, mas do outro lado estava uma equipa que deu uma grande resposta, já que o Rennes já cumpriu duas jornadas do campeonato francês.

Os franceses até foram os primeiros a ameaçar o golo aos 13 minutos por Del Castillo, com Vlachodimos a responder com uma defesa apertada, antes de Guirassy desviar o esférico com o calcanhar, aos 17 minutos, mas com a bola a desviar em Ferro e a sair pela linha de fundo.

Pizzi brilhou no encontro e Gabriel comandou o meio-campo

Depois de uns minutos iniciais de pouco acerto ofensivo, o clube da Luz começou a criar mais algumas oportunidades, ainda que Salin tenha respondido com defesas, até Pizzi inaugurar o marcador aos 32 minutos. Tait fez falta dentro da área e o médio português converteu com sucesso a grande penalidade.

Após uma primeira parte equilibrada, o início da etapa complementar foi muito faltoso e com várias paragens, obrigando inclusive o árbitro Fábio Melo, que tinha entrado para o segundo tempo, a ser substituído por uma lesão.

Do banco de suplentes surgiu aquele que marcou o segundo golo do clube da Luz aos 64 minutos. Pizzi bateu o pontapé de canto e Gabriel, acabadinho de render o reforço Pedrinho, cabeceou para o golo que fixou o resultado final. Destaque para o facto do brasileiro ter-se assumido como um dos esteios assim que foi lançado no encontro.

O segundo golo no encontro tornou o Benfica numa equipa mais dominadora, uma forte pressão no meio-campo adversário, e os encarnados estiveram muito mais perto de marcar o terceiro do que o Rennes de reduzir a desvantagem. Exemplo disso foi um remate de Diogo Gonçalves aos 86 minutos e que terminou com uma bela defesa de Salin.

De destacar ainda a estreia de Darwin Núñez, ontem apresentado como reforço do clube da Luz, e o regresso aos relvados de Alex Grimaldo após lesão.

O Benfica termina, assim, a pré-época com mais uma vitória e dentro de dez dias têm pela frente o primeiro jogo oficial da época diante dos gregos do PAOK a contar para a terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

Leave a Comment