Pedra de Roseta – O que é, origem e importância da rocha histórica

A Pedra de Roseta foi uma importante rocha encontrada no Egito, em 1799. Apesar de ser apenas um pedaço de granito, tem importância fundamental para a compreensão de linguagens antigas, como hieroglifos egípcios.

O estudo da pedra – de 118 cm de altura, 77 cm de largura e 30 cm de espessura -, ajudou a compreender o Egito. Isso porque ela contém o mesmo texto redigido em três línguas diferentes. Dessa maneira, foi possível relacionar o grego conhecido com os símbolos egípcios.

Originalmente, a pedra data de 196 a.C. e foi nomeada em homenagem à cidade de Roseta, onde foi encontrada pelo exército de Napoleão.

Tradução

Ainda hoje, a tradução da Pedra de Rosa causa conflitos entre estudiosos. Como o objeto foi analisado por diferentes especialistas, há divergências sobre quem teria, de fato, desvendado o código.

A princípio, o inglês Thomas Young esteve perto de compreender os textos. Seu primeiro passo foi perceber a repetição do nome de Ptolomeu V, faraó da época. Até esse momento da história, os 3 mil anos de textos egípcios eram analisados com achismos e suposições, uma vez que ninguém compreendia os símbolos.

No século XIX, então, o francês Jean-François Champollion conseguiu analisar cópias do texto e atribuir fonemas aos símbolos. Ou seja, cada sinal poderia ter mais de um som, criando variações na língua.

O texto

Pedra de Roseta - origem, importância e significado da rocha histórica
sporcle

Uma vez que Champollion era professor de história, conseguiu utilizar de sua experiência para traduzir o texto. Entre os anos de 1822 e 1824, comparou as três línguas da pedra e detectou seus padrões. Dessa maneira, foi capaz de criar uma espécie de chave utilizada para traduzir uma série de outros documentos.

Primeiramente, ele reparou que o texto grego era maior que o egípcio. Assim, deduziu que cada hieroglifo podia representar vários sons diferentes e estabeleceu o caminho para a tradução.

Por fim, o texto se revelou um documento burocrático. A mensagem da Pedra de Roseta foi elaborada por sacerdotes, declarando que o faraó tinha concessões políticas, era um seguidor dos deuses e deveria ter sua mensagem compartilhada.

Importância da Pedra de Roseta

Pedra de Roseta - origem, importância e significado da rocha histórica
newsela

Como o texto da Pedra de Roseta é apenas uma mensagem política e religiosa da época, seu valor é mais importante pelo legado do que pela própria mensagem. Isso porque, graças à análise das línguas presentes na pedra, foi possível compreender muito mais sobre o período.

Com a preservação da pedra e compreensão da língua, historiadores conseguiram compreender o passado do Egito. Análises de documentos e decretos da época foram estudadas e foi possível conferir mudanças de governo locais ao longo das dominações greco-romana, macedônia e ptolomaica.

Encontrada por militares franceses durante ataques de Napoleão, hoje a pedra se encontra na Inglaterra. Isso porque, em 1801, ingleses derrotaram os franceses e exigiram a pedra. Assim, ela está guardada no acervo do Museu Britânico, em Londres.

Leave a Comment