PCP limita lotação da Festa do Avante a 33 mil pessoas por dia devido à pandemia da Covid-19

  • Home
  • Portugal
  • PCP limita lotação da Festa do Avante a 33 mil pessoas por dia devido à pandemia da Covid-19

O Partido Comunista (PCP) anunciou esta sexta-feira que vai reduzir para um terço a lotação máxima da Festa do Avante, devido à pandemia da Covid-19. O evento que marca anualmente a rentrée do partido tem, segundo o partido liderado por Jerónimo de Sousa, capacidade para receber 100 mil pessoas, mas vai ser limitada a presença a 33 mil pessoas por dia no recinto da Festa do Avante, que vai ter lugar na Quinta da Atalaia, no Seixal.

“O número de presenças em simultâneo na Festa [do Avante] será de um terço da capacidade licenciada”, lê-se num comunicado enviado pelo PCP às redações, onde o partido assegura que os visitantes terão à sua disposição “300 mil metros quadrados”, o que corresponde a “uma área superior à que está estabelecida para a frequência de praias e que, em regra, será o dobro daquela que está fixada para espaços similares (no caso, espaço ao ar livre)”.

O PCP, que tem estado a coordenar os preparativos da Festa do Avante com as recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS), garante “toda a responsabilidade” e “condições” para o “usufruto em tranquilidade e segurança”.

O horário da Festa foi também alterado, passando a hora limite para a entrada (e reentrada) na Festa a ser fixada nas 24h00 de sexta-feira e sábado e nas 22h00 de domingo (em vez, respectivamente, da 01h00 e das 22h30).

Leave a Comment