Olympiacos, de Pedro Martins, vence Aris e segue imparável

Com os portugueses Rúben Semedo e Cafú no ‘onze’ – o guarda-redes José Sá, habitual titular, não foi convocado -, o Olympiacos chegou ao intervalo já a vencer por 2-0, graças aos golos de Georgios Masouras e Koka, aos 34 e 45+1 minutos, respetivamente.

No início da segunda parte, Masouras ‘bisou’ e liquidou qualquer veleidade do Aris dar a volta ao resultado, apesar de o avançado Giannis Fetfatzidis ter reduzido para 3-1, aos 56 minutos, mas um penálti, aos 65, cobrado por Koka, também ele a ‘bisar’, repôs a vantagem de três golos para a equipa de Pedro Martins.

O Aris ainda viria a reduzir para 4-2 à beira do final da partida, aos 86 minutos, por Petros Bagalianis, mas a vitória do Olympiacos não esteve em causa.

Pelo Aris, o português Bruno Gama, que tem estado em destaque na equipa de Salonica, alinhou durante os 90 minutos.

Com mais este triunfo, o Olympiacos, que continua a somar triunfos apesar de já ser campeão e de Pedro Martins estar a dar oportunidades a alguns jogadores menos utilizados, segue na liderança com 85 pontos, mais 23 do que o AEK, no qual alinham os portugueses Nelson Oliveira, Paulinho, André Simões e Hélder Lopes, e que recebe hoje o OFI Creta, e mais 25 do que o PAOK, treinado pelo português Abel Ferreira, que defronta o Panathinaikos, em Salonica.

Leave a Comment