O luxuoso e sinistro Cadillac Eldorado de 1960

  • Home
  • Motor
  • O luxuoso e sinistro Cadillac Eldorado de 1960

O Cadillac Eldorado foi um automóvel de luxo da Cadillac que esteve em produção de 1952 a 2002, com doze gerações, sendo durante esse tempo o topo na gama da marca americana.

Mas, o Cadillac Eldorado de 1960, ou seja, da quarta geração, é o que cativa o maior número de fãs e entusiastas, por ser o mais raro, o mais caro e o mais requintado. Esta quarta geração, que pertencia à gama Series 62, foi produzida somente de 1959 a 1960, com cada ano a ter elementos únicos, foi desenhada por Chuck Jordan.

O Cadillac Eldorado de 1960 tinham vários elementos que hoje são normais, mas na época eram reservados a poucos automóveis de luxo, como suspensão a ar, travões e direcção assistida, duas luzes de marcha atrás, escovas limpa para-brisas com duas velocidades, discos de travão na frente, espelho retrovisor exterior, filtro de óleo, vidros eléctricos, bancos eléctricos podendo levar seis ocupantes, aquecimento interior, cruise control, faróis direcionais Autronic Eye, rádio com colunas traseiras, antena eléctrica, faróis de nevoeiro e fecho central com trancamento da bagageira.

Na carroçaria de duas portas havia duas versões o coupé, denominado Seville e o descapotável, com o nome Biarritz, pertencendo à Series 6400. Além destas, existia também o Eldorado Brougham, de quatro portas, que pertencia à Series 6900. Este último tinha a particularidade de ser produzido em Itália, na fábrica da Pininfarina, com a carroçaria construída à mão.

O motor que equipa o Eldorado era o V8 390, de 6,4L e válvulas à cabeça, com três carburadores de duplo corpo, para debitar 345cv e 583Nm. A potência é enviada para as rodas traseiras, através de uma caixa automática Hydra-Matic de quatro velocidades.

Leave a Comment