Mosteiros – História, características e 10 mosteiros pelo mundo

  • Home
  • Lugares
  • Mosteiros – História, características e 10 mosteiros pelo mundo

Certamente, os mosteiros são pontos turísticos muito procurados. No entanto, houve uma época em que eles eram apenas moradia para monges da igreja.

Sendo assim, entre a Antiguidade Tardia e a Alta Idade Média, isto é, por volta dos séculos V e VI d.C., o cristianismo tentava sobressair-se e estabelecer-se enquanto instituição religiosa em meio às crises deflagradas pelas invasões bárbaras, que assolaram o Império Romano.

Além disso, sendo uma religião de caráter universal, o cristianismo conseguiu agregar indivíduos de diversas regiões do mundo. Sendo assim, desde a Ásia Menor até o norte da Europa. Além das organizações em bispados e da centralidade da autoridade religiosa na figura do papa, tornaram-se essenciais outras formas de vivência da experiência cristã. Logo, a vida monástica e a construção dos mosteiros foram umas dessas formas de vivência.

Então, vamos saber um pouco mais sobre os mosteiros e conhecer alguns deles.

Características dos Mosteiros

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Revista Planeta

A principal característica dos monásticos era a reclusão total da sociedade e pelo ascetismo, pela opção de uma vida isolada do convívio comum com outras pessoas, que não fossem outros monges, e submetida à austeridade e à disciplina (o que configura a ascese). Um grande símbolo da vida monástica que se tornou o modelo para todas as gerações posteriores de monges foi Santo Antão do Deserto. Sendo assim, ele viveu entre os séculos III e IV d.C.

Além disso, os primeiros monges cristãos eram eremitas ou anacoretas. Sendo assim, eles se retiravam do convívio social e iam para lugares completamente despovoados, como os desertos, para viveram sozinhos. Posteriormente, por volta do fim do século VI, houve o surgimento do sistema cenobítico. Ao contrário do anacoreta, o monaquismo cenobita, caracterizava-se pela vida em cenóbio. Isto é, em comunidade. Sendo assim, os monges cenobitas foram os que passaram a construir os mosteiros no início da Idade Média.

Objetivo da vida nos mosteiros

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Russia Beyond

Os mosteiros medievais, sejam católicos ou ortodoxos, eram construídos em lugares bem distantes de quaisquer centros urbanos que tivessem grande fluxo de pessoas. Geralmente, ficavam localizados no centro de uma grande propriedade, onde eram cultivados trigo, cevada, centeio, videiras, frutas, etc. Além disso, também eram criados porcos, galinhas, perus, patos, bois, vacas, cavalos, etc.

Dessa forma, eram os próprios monges que trabalhavam no cultivo e na criação. No entanto, alguns passavam todo o tempo dedicados ao estudo nas bibliotecas copiando e estudando  as obras dos grandes escritores da Antiguidade, sobretudo gregos e romanos. Assim, eram chamados de monges copistas. Eles foram responsáveis por verdadeiras obras de arte. Nas margens das páginas, desenhavam ilustrações chamadas iluminuras,  utilizando um tipo de letra que hoje conhecemos como gótica.

Nas abadias, além do trabalho, grade parte do tempo era dedicada à oração e ao canto sacro. Além disso, o local contava também com numerosos servos, que executavam os trabalhos mais pesados.

10 mosteiros do mundo

Mosteiro de Ostrog, Montenegro

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Itinari

A princípio, fundado no século XVII, esse mosteiro ortodoxo sérvio é o local de peregrinação mais popular de Montenegro. De modo que ele atrai cerca de cem mil visitantes por ano. No entanto, ganhou a aparência atual nos anos 1920, ao ser reconstruído após um incêndio.

Mosteiro de Khor Virap, Armênia

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Sygip Travel

O Monte Ararat fica na Armênia, o primeiro país a se declarar uma nação cristã, em 301, a 100 metros da fronteira com a Turquia. Além disso, o complexo abriga uma igreja construída no século V e também o local onde São Gregório, o Iluminador, ficou aprisionado no final do século III.

Mosteiro de Sumela, Turquia

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Você Realmente Sabia?

Primeiramente, o mosteiro de Sumela, da Igreja Ortodoxa Grega, fica em um penhasco no vale de Altindere, na Turquia. Além disso, ele foi fundado em 386 e ganhou a sua aparência atual desde o século XIII. Desde 1923, não é habitado por monges. Atualmente, é apenas um ponto turístico.

Abadia de Saint-Michel, França

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
História com Gosto

Em primeiro lugar, o mosteiro foi fundado no local no século X. Os monges deram ao lugar o nome de Monte São Miguel no perigo do mar. Entretanto, depois da dissolução das ordens religiosas ditada pela Revolução Francesa, o lugar se tornou uma prisão, de 1789 a 1863. Atualmente, não abriga mais monges, mas é um dos principais pontos turísticos da França. Além disso, a montanha abriga um santuário dedicado a São Miguel desde o século VIII.

Mosteiros de Meteora, Grécia

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Viagens e Destinos

Seu nome significa “suspenso no ar”. Sendo assim, é um complexo de seis mosteiros, sendo cada um deles construído sobre um pilar de rocha, na Grécia central. Aliás, foi lá em cima dos rochedos que monges do século XII encontraram um refúgio no tempo da ocupação otomana. Além disso, o acesso é por escadas, redes ou teleféricos rudimentares.

Mosteiro de Santa Catarina, Egito

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Wikpédia

A princípio, esse mosteiro fica localizado em uma região deserta, na península do Sinai, no local onde, supostamente, Moisés viu a sarça ardente.Além disso, a atual construção data do século VI. No entanto, já há registros de uma comunidade monástico no local desde o século IV. O mosteiro possui a mais antiga biblioteca do mundo continuamente em atividade, e, ainda a segunda maior coleção de códices e manuscritos antigos, atrás apenas da Biblioteca Vaticana. Ainda mais, é um organismo autônomo dentro da Igreja Ortodoxa de Jerusalém.

Mosteiro de Santa Maria de Montserrat, Espanha

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Montserrat

Sendo considerado um símbolo da Catalunha, possui datação do século XI, ao redor de devoção mariana surgida em 880. Entretanto, a atual igreja é de 1592. Os monges beneditinos dirigem ali a Escolanía de Montserrat, sendo assim a mais antiga escola de canto do Ocidente, voltada apenas para crianças.

Pilar de Katshki, Geórgia

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Magnus Mundi

A ermida parece datar do século IX ou X. No entanto, em algum momento depois do século XIII foi abandonada e ninguém mais escalou o local até 1944. Em 1993, um ex-traficante de drogas, Maxime Qavtaradze, ao deixar a prisão, fez os votos de vida monástica e decidiu viver no local, seguindo o estilo de vida dos estilitas, eremitas que viviam isolados nesse tipo de formação geológica. Portanto, surge uma comunidade religiosa na base do pilar a partir de então.

Mosteiro de El Escorial, Espanha

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Wikipédia

Primeiramente, está localizado a 45 quilômetros de Madri. El Escorial é um dos maiores mosteiros do Ocidente. Portanto, foi mandado construir pelo rei Filipe II no século XVI e abriga, além do mosteiro, o palácio que foi residência real. Além disso, se localizam ali os túmulos de boa parte dos reis da Espanha. Atualmente, os moradores do local são frades agostinianos.

Monte Athos, Grécia

Mosteiros - Conheça sua história e os mais incríveis para se visitar
Mundo e Missão

Atualmente, mais de dois mil monges vivem nos vinte mosteiros localizados no Monte Athos, conhecida como “a Santa Montanha”. Sendo assim, um dos lugares mais importantes para a Igreja Ortodoxa. Além disso, ele ocupa uma península inteira. O local detém autonomia diante do governo grego, sob o nome de Estado Monástico Autônomo da Montanha Sagrada. Os primeiros mosteiros datam do século IX.

Leave a Comment