Metamorfose, o que é? Tipos e como ela acontece em diferentes animais

A palavra metamorfose vem do grego “matabole”, que significa mudança.  No reino animal, este termo está ligado à transformação na estrutura anatômica de alguns seres durante o seu desenvolvimento. Ou seja, existem organismos vertebrados e invertebrados que passam por grandes alterações até chegarem à vida adulta. E esse processo varia de acordo com o animal sujeito a ele.

Assim podemos entender que existem duas formas de desenvolvimento: indireto e direto. O primeiro está relacionado ao organismos que passam pela metamorfose. Enquanto o segundo é das espécies que, quando nascem, são uma versão pequena do adulto. Também conhecidos como ametábolos, “sem mudança”.

No entanto, dentro do grupo de seres metamórficos, existem subdivisões. Os hemimetábolos são aqueles que sofrem transformação parcial, incompleta. Algumas estruturas, com asas e sistema sexual, não existem na fase jovem. Já os holometábolos mudam totalmente a sua anatomia. Iniciam a vida na fase larval e terminam na fase imago (adulta), essa é a metamorfose completa. Por exemplo, as joaninhas.

Metamorfose - o que é, quais os tipos e que animais sofrem mudanças
Fonte: greenMe.

Animais que sofrem metamorfose

O processo de metamorfose é bastante comum em insetos. Seja ela completa ou incompleta. Mas existem seres vertebrados que também se transformam muito, como alguns anfíbios. Veja como acontecem essas mudanças nas diferentes anatomias:

Insetos

Os insetos podem ser holometábolos, como as borboletas, mariposas, abelhas, moscas, joaninhas etc. O animal eclode do ovo e sua única função é se alimentar. Depois ela entra em fase de pupa e se fecha em um casulo. Nele, o organismo se desenvolve apenas com as reservas acumuladas. Ao assumir a fase adulta, o casulo eclode. A fase inicial e final mostram corpos completamente diferentes.

Fonte: cmcmc.

Já os hemimetábolos, como grilos, gafanhotos, cupins e percevejos, por exemplo, saem dos seus ovos como uma ninfa. Ou seja, uma versão semelhante e pequena do adulto, mas lhe faltam asas e órgãos reprodutivos. Posteriormente a várias mudas, essas novas estruturas vão surgindo. Na fase final, o inseto já está pronto para reprodução.

Fonte: cmcmc.

Anfíbios

No caso de animais vertebrados, é comum ocorrer a metamorfose em anfíbios anuros, como os sapos. Nascem pequenas larvas da eclosão de ovos, chamadas de girinos. Eles, basicamente, se assemelham aos peixes, pois possuem cauda, brânquias e não têm pernas.

Portanto, nas primeiras fases, o girino apenas cresce. Posteriormente, então, ocorre o encurtamento do intestino.

Basicamente, nesta fase, a boca deixa de servir apenas para a ingestão de algas e filtração e se adapta para ingerir insetos. Bem como desaparecem as brânquias e são formados os pulmões.

Também, com a regressão da cauda, o animal desenvolve as patas anteriores. Só depois disso, ele apresenta seu aspecto adulto.

Metamorfose - o que é, quais os tipos e que animais sofrem mudanças
Fonte: studylib.

Mas, é importante lembrar que não são todas as espécies de anfíbios que sofrem metamorfose. Algumas, por exemplo, passam pelo desenvolvimento direto.

Leave a Comment