Fígado – Características, funções e doenças relacionadas ao orgão

O fígado é um anexo do sistema digestório e é considerado um dos maiores órgãos do corpo humano. Inegavelmente, o fígado é um dos órgãos mais importantes para a digestão. Pois, ele tem a função de metabolizar e armazenar nutrientes, que só ficam prontos para serem absorvidos e utilizados pelo organismo após passarem por ele.

O fígado possui cerca de 20 cm de largura e pesa, geralmente, mais de 1 kg. Ele fica localizado na parte superior direita do abdômen muito próximo do estômago.

O órgão, aliás, tem uma grande capacidade de regeneração. É por isso que é possível doar parte do fígado em vida.

No entanto, o fígado não é tão resiste. Sobretudo, existem muitas doenças que podem afetar o fígado, tais como hepatite, gordura no fígado e cirrose.

Características

Fígado - Características e funções
Fonte: Lótus esotérico

Esse órgão está localizado na região superior da cavidade abdominal, abaixo do diafragma e do lado direito, apresenta coloração marrom avermelhada e pesa, em média, 1,5 kg. Além disso, possui superfície lisa e quatro lobos: direto, esquerdo, caudado e quadrado. Cada lobo é formado por várias células conhecidas como hepatócitos.

Inegavelmente, o fígado está relacionado com funções importantes do nosso corpo. Para exemplificar, podemos citar a regulação do metabolismo de vários nutrientes (proteínas, carboidratos e lipídios), síntese de proteínas e outras moléculas, degradação de hormônios, armazenamento de substâncias e excreção de substâncias tóxicas.

Atua tanto como glândula exócrina, liberando secreções em uma superfície externa, quanto como glândula endócrina, já que também libera substâncias no sangue e nos vasos linfáticos. Decerto, uma das principais e mais conhecidas funções do fígado é a formação e secreção da bile. Esta substância é formada principalmente por ácidos biliares, fosfolipídios, colesterol, sais inorgânicos e bilirrubina. Essa substância fica armazenado na vesícula biliar.

A bile apresenta basicamente duas funções primordiais: excreção de algumas substâncias e a emulsão das gorduras, que ajuda na digestão e absorção dos lipídios. Na bile são eliminadas, principalmente, toxinas, substâncias presentes em drogas e a bilirrubina. Esse processo é conhecido como detoxificação hepática.

Inegavelmente, por possuir funções vitais, o fígado é um órgão extremamente importante para a nossa sobrevivência. Problemas hepáticos podem ser graves e gerar até mesmo a morte do paciente.

Funções do fígado no organismo

Fígado - Características e funções
Fonte: Saúde abril

Além de ser parte fundamental na digestão, o fígado desempenha muitas funções importantes no organismo, algumas delas são:

  • Armazenamento das vitaminas A, B12, D e E, e de alguns minerais, como o ferro e o cobre;
  • Destruição das hemácias velhas ou anormais;
  • Participar na digestão da gordura no processo digestivo, através da secreção da bile;
  • Armazenamento de glicose: a glicose extraída dos alimentos é armazenada no fígado sob a forma de glicogênio, que fica à disposição do organismo para quando ele precisar de energia;
  • Síntese de proteínas nobres, como a albumina, que mantém a água dentro do organismo;
  • Síntese do colesterol, que é metabolizado e excretado pela bile;
  • Produção de gorduras (Lipogênese);
  • Produção de precursores das plaquetas;
  • Conversão de amônia em ureia;
  • Purificação e destoxificação de várias toxinas;
  • Metaboliza os medicamentos.

Funções do fígado na digestão

Fígado - Características e funções
Fonte: Crape

O fígado é um órgão muito importante para a digestão dos alimentos porque ele é capaz de:

  • Transformar a galactose e a frutose em glicose para ser usada como fonte de energia;
  • Armazenar o glicogênio e transformá-lo em glicose, enviando para o sangue novamente quando necessário;
  • Transformar as proteínas em aminoácidos, a síntese de aminoácidos não essenciais e a produção de proteínas essenciais, como a albumina, transferrina, fibrinogênio e outras lipoproteínas;
  • Armazenar as vitaminas lipossolúveis e os minerais;
  • Filtrar o sangue, enviando para os rins as toxinas para serem eliminadas.

Doenças relacionadas ao fígado

Fígado - Características e funções
Fonte: Grapi cuidadores

Quando este órgão encontra-se afetado por alguma doença é comum o surgimento de sintomas como a icterícia (cor amarela na pele e nos olhos), urina escura, fezes claras, aumento do fígado, ficando inchado. Além disso, e pode haver dor no abdômen, especialmente no lado direito depois de comer.

Entretanto, é possível também que a pessoa não apresente nenhum sintoma. Assim, só será descoberta alguma alteração ao realizar exames de sangue que avaliam as enzima hepáticas e bilirrubina. Ou então, através de exames de imagem como tomografia ou ultrassonografia.

Uma das maiores complicações desse órgão é a chamada esteatose hepática, que ocorre quando há acumulo de gordura no fígado, o que prejudica seu funcionamento. Decerto, isso ocorre pois o fígado transforma a gordura da alimentação e a acumula como fonte de energia.

Certamente, outro grande problema que atinge este órgão é a cirrose, uma degeneração e inflamação do órgão resultantes de diversos problemas. A causa mais comum de cirrose é o alcoolismo, porém hepatites virais e doenças biliares podem desencadear o problema.

Leave a Comment