De ‘patinho feio’ a ídolo com Jesus, Arão se despede do técnico: ‘Te amo, Mister’

  • Home
  • Brasil
  • De ‘patinho feio’ a ídolo com Jesus, Arão se despede do técnico: ‘Te amo, Mister’

‘Tá mal, Arão’. Esta foi a frase que marcou o início da trajetória de Jorge Jesus no Flamengo, em junho de 2019. Na oportunidade, em um jogo treino contra o Madureira, o técnico berrou à beira do campo reclamando do posicionamento do jogador, àquela altura muito criticado pelos rubro-negros.

Prova disso é que, logo em sua primeira coletiva de pós-jogo, o profissional europeu teve que responder uma pergunta sobre seu novo comandado a respeito de ele ser o ‘patinho feio’ do Flamengo. Jorge, na época, respondeu que com ele, Arão viraria o ‘patinho bonito’. E virou. 13 meses depois, o meme supracitado é só uma lembrança engraçada para os flamenguistas. 

Em pouco tempo, Willian Arão, que tinha que conviver com vaias e pedidos pelo fim da sua titularidade, se transformou nas mãos de Jesus e virou um dos pilares do time que fez história conquistando Libertadores e Brasileirão no mesmo final de semana. Neste domingo (19), o jogador usou suas redes sociais para se despedir (e se declarar) do treinador, que aceitou proposta do Benfica na última sexta (17). 

“Faltam palavras para descrever o sentimento que tenho, desde o primeiro puxão de orelha, até os elogios reservados, o Sr foi com certeza mais que um técnico! Meu muito obrigado por todos os momentos, ensinamentos, conversas e conselhos! Que Deus abençoe nessa nova etapa. Aos demais da comissão eu desejo o mesmo, vocês me marcaram positivamente e levarei para sempre em meu coração!!! Te amo, Mister Jorge Jesus”.

Arão foi tratado como o atleta que mais mudou sob o comando do técnico português. Se os olhares para o camisa 5 eram de desdém até o primeiro semestre do ano passado, hoje ele é visto como intocável no time titular e um dos ídolos que vão ficar marcados na história da instituição quando no futuro lembraram desta equipe. 

Willian Arão está no Flamengo desde 2016 e recentemente renovou seu contrato até o final de 2023. Tem 241 partidas disputadas com o ‘Manto Sagrado’, 23 gols marcados e sete títulos: Campeonato Carioca (3), Campeonato Brasileiro, Libertadores da América, Recopa Sul-Americana e Supercopa do Brasil.

Leave a Comment