Conheça a trajetória dessa espécie

O misticismo dos gatos é um assunto que chama a atenção de muitas pessoas, principalmente aquelas que adoram esses pequenos felinos. Muito se sabe sobre esses animais hoje em dia, inclusive, de toda sua trajetória de vida desde os momentos mais antigos.

O gato já fez diversos papéis na sociedade e não é à toa que superstições existem em relação a essa espécie. Porém, muita coisa já ficou para trás e como todos sabem, passado é passado. Os gatos são animais extremamente dóceis por mais que em alguns momentos apresentem certos comportamentos incomuns como o ciúme.

Ciúmes à parte, eles continuam sendo pequenas criaturas cheias de amor e bons sentimentos para doar aos humanos. Mas em relação ao misticismo dos gatos, o que esses felinos já passaram em momentos anteriores para conquistar o espaço que possuem na sociedade? É justamente disso que vamos falar!

Os gatos e o Egito antigo
Duas múmias egípcias de gatos, atualmente no British Museum.

No antigo Egito esses animais eram considerados sagrados devido a sua capacidade de exterminar “pestes” como os ratos. Ao perceberem essa capacidade nos felinos, os egípcios passaram a tratar esses animais como membros da família, de forma que eles eram responsáveis por manter os ratos bem longe.

Os ratos no Egito eram como um enxame, tinham muitos em toda a região e acabavam com suas plantações além de gerar muitas doenças. Ao notarem que esses animais conseguiam reduzir a quantidade de ratos no local, os egípcios começaram a tratá-los como divindades. Afinal, antes dessa consciência as pessoas serviam sua carne na beira do rio Nilo.

Após toda essa mudança e a inserção dos gatos na sociedade egípcia, três deusas que fizeram parte do Egito antigo apresentavam traços felinos – Bastet, Ra e Isis. A partir daí, os gatos começaram a ser considerados seres sagrados e quando morriam os egípcios raspavam a sobrancelha como forma de luto.

As mulheres egípcias, por outro lado, viam esses animais como forma de beleza extrema. Inclusive, várias delas faziam maquiagens e tentavam representar o contorno perfeito dos olhos dos gatos. Em meados do século XIX, diversos arqueólogos encontraram múmias de muitos gatos no templo da deusa Bastet. Pode parecer exagero mas além disso, foi criada uma lei que condenava a morte quem matasse um gato. Esses bichanos realmente eram valiosos!

Os gatos e a idade média

Mosaico de gato atacando perdiz, da Casa del Fauno em Pompéia.

Partindo para a idade média, o misticismo dos gatos já começou a ficar tenso. Na Europa medieval as coisas caminhavam bem até que a igreja começou a queimar os gatos e fogueiras e até mesmo ateá-los em precipícios.

O principal fator dessas atitudes foram as bruxas, mulheres livres e que possuíam poderes mágicos recebidos da natureza. Bem, não era bem assim que as igrejas enxergavam essas mulheres, na verdade, elas eram vistas como demônios na terra e por isso elas e seus gatos eram queimados juntos.

Os gatos, por serem animais de olhos completamente misteriosos e super independentes, foram associados às mulheres acusadas de praticar bruxaria. Logo, não poderíamos esperar menos do que fogueiras para cremar tanto elas quanto eles. Quando se tratava de gatos pretos, as coisas ficavam piores! Na idade média surgiu a crença de que os gatos pretos eram animais impuros e maldosos e deveriam ser mortos.

Ainda na idade média e com a morte de muitos gatos, quem retorna? Isso mesmo, os ratos! E claro, sem os felinos por perto para exterminá-los esses animais foram se alastrando, causando então a peste negra que matou milhares de pessoas. Então será que matar os gatos foi mesmo uma boa ideia?

A capacidade psíquica dos gatos

Pois bem, como já dito, passado é passado e os gatos merecem muito amor. Um dos pontos mais interessantes de se ter um felino em casa são suas capacidades psíquicas. Muitos relacionam essas capacidades com o misticismo dos gatos, que querendo ou não possui vida até hoje.

Esses animais se comunicam! Sim, se você é dono de um gato nós temos certeza de que você compreende ele. Cada gato possui uma personalidade, mesmo que pareçam todos iguais eles não são. Além disso, os gatos são capazes de ter a noção do tempo! Quer saber como? Se ao acordar você tem costume de alimentá-lo e às 20h da noite também, eles estarão lá esperando a refeição. E claro, ai de você se não exercer sua função com excelência… é miau, miau, miau até que você os alimente.

Você também pode gostar

Os gatos também são capazes de encontrar coisas desaparecidas. Um bom exemplo disso é quando enterram algo e assim como os cachorros, eles conseguem encontrar o que procuram! E relembrando ainda mais como esses bichanos são seres incríveis, os gatos são tão sociáveis que são capazes de compreender quando seus donos estão tristes. Desta forma, eles permanecem ao seu lado a todo custo!

Os gatos fazem muito bem para os humanos

Há quem diga que eles são animais que soltam muito pêlo – e é verdade. Porém, os gatos são animais completamente higiênicos e quem perde a oportunidade de ficar perto de um por esse motivo, não sabe os benefícios que está perdendo.

Acariciar um gatinho pode trazer tranquilidade à qualquer pessoa, basta dar uma chance. Além disso, a espiritualidade diz que os gatos são limpadores de energia densa de seus humanos e ao contrário dos cães, eles conseguem eliminar essa energia ruim. Portanto, dormir com seu bichano pode ser extraordinário para seu campo energético.

Por serem tão companheiros e compreenderem os sentimentos humanos através da energia, esses felinos são considerados grandes companheiros nas horas difíceis. Por mais que suas línguas sejam ásperas, se você permitir que eles lhe dê uma lambida quando estiver triste, eles irão limpar suas lágrimas!

Gatos são muito bons! poderíamos falar deles por horas e horas, mas para finalizar os benefícios que esses bichanos nos trazem, você já pensou em ser massageado por um gato? Pois é, essa mania vem desde bebê quando massageiam o peito da mãe para obter leite e contato físico com ela. E não, eles não querem tirar leite de você mas esse contato é indicativo de que eles desejam estar próximos de você e esperam o mesmo sentimento, viu?

Algumas curiosidades sobre esses felinos

Quatro filhotes de gatos dentro de uma cesta de pique-nique.
  • Gatos não gostam de alimentos doces;
  • Gatas são destras e gatos são canhotos;
  • Eles fazem mais de 100 sons diferentes;
  • O cérebro deles é muito parecido com o dos humanos;
  • Eles conseguem correr cerca de 49 km por hora em distâncias pequenas;
  • Seus saltos equivalem 5x sua altura;
  • No Reino Unido os gatos pretos simbolizam a boa sorte.

O misticismo dos gatos sempre irá prevalecer, afinal, esses animais são incríveis e possuem uma grande história. Mas e você, o que acha deles?

Leave a Comment